Confronto entre Guardiola e Simeone lembra o óbvio: futebol é antes de tudo um jogo estratégico

Na grande maioria das vezes, quando se analisa e comenta futebol alguns aspectos são levados em consideração em detrimento de outros. Por exemplo, quando se aponta um favorito em um confronto entre duas equipes, basicamente a qualidade individual, o retrospecto recente e alguns pormenores são critérios pelos quais majoritariamente o senso geral afere vantagem para alguém em uma partida.

No entanto, restringir a análise do futebol somente a esses aspectos é não entender a mais fundamental característica de qualquer esporte: no fundo, é um jogo. E sendo um jogo, existem estratégias, que não podem ser subestimadas.

Neste sentido, o confronto entre Atlético de Madrid e Manchester City pelas quartas de final da UEFA Champions League, foi um exemplo vivo de como o futebol é um jogo estratégico em sua veia.

Quando, na Inglaterra, Diego Simeone opta por um classificado ‘’escandaloso’’ 5-5-0 para defrontar, e esfriar, um time de Pep Guardiola em seus domínios, isso nada mais foi que uma jogada no tabuleiro.

O técnico argentino sabe as peças que tem, como elas atuam e as reações delas em diferentes contextos que uma partida pode apresentar ao decorrer de 90 minutos. Então, mais do que simplesmente um ‘’amor pela retranca’’ ou se apresentar como antagônico ao futebol que se apresenta na maioria dos times, Simeone julga esta estratégia como a melhor possível naquele momento, com aquelas circunstâncias, naquele jogo.

Assim como, em Madrid, na volta, a partir dos 35 minutos do segundo tempo, após a entrada de Fernandinho no lugar de Bernardo Silva, Guardiola julgou ser necessário adotar uma estratégia à lá Simeone, para garantir o resultado que dava a classificação ao seu time.

Óbvio, ambos os treinadores têm seus estilos consolidados ao longo dos anos, o Guardiolismo e o Cholismo, mas eles não adotam isso por simples e pura ‘’arte’’, de achar que esta ou aquela forma de jogar são mais atraentes. Longe disso. Técnicos optam por diferentes modos de atuar porque cada um acha que a forma especifica que está jogando é a melhor para se vencer uma partida de futebol. Estratégia.

SHARE