Premier League: confira como está a luta contra o rebaixamento

A edição 2021/22 da Premier League tem reservado grandes emoções para o final de temporada. Manchester City e Liverpool prometem uma luta épica pelo título, além da briga pelas vagas europeias. Entretanto, a luta para escapar da Championship também tem sido interessante. Seis times tentam fugir da segunda divisão em 2022/23. São eles: Brentford, Leeds United, Everton, Watford, Burnley e Norwich City. Dessa forma, confira abaixo a situação de cada um deles.

Premier League: luta contra o rebaixamento

Brentford

Recém-promovido da Championship, o Brentford iniciou a temporada prometendo ser uma das grandes surpresas da Premier League, principalmente após um grande cartão de visitas, vencendo o Arsenal na primeira rodada. Entretanto, a competição foi passando, e o time londrino tem um péssimo segundo turno. Dessa forma, as Abelhas venceram apenas dois jogos no returno, sendo contra equipes na zona de rebaixamento (Norwich e Burnley). Atualmente, o clube está na 15ª posição com 30 pontos. Enfim, a campanha é de oito vitórias, seis empates e 16 derrotas, com 30 jogos disputados.

Leeds United

Na sequência da tabela, se encontra o Leeds United. Os Whites passam por uma temporada muito irregular e cheia de mudanças. Mesmo com o destaque do brasileiro Raphinha, convocado para a Seleção Brasileira algumas vezes, a equipe passa por várias inconstâncias, sobretudo na defesa. O clube tem a pior defesa da competição com 67 gols sofridos. Além disso, passa por um segundo turno turbulento, no qual teve seis derrotas seguidas, e sofrendo 22 tentos nesse período. Com isso, o técnico Marcelo Bielsa saiu após três temporadas, e deu espaço para o ex-RB Leipzig, Jesse Marsch. Em três jogos, o estadunidense conquistou duas vitórias.

Assim, o Leeds se encontra na 16ª posição com 29 pontos. A campanha dos Whites é de sete vitórias, oito empates e 15 derrotas.

Everton

O primeiro clube fora da zona do rebaixamento é uma das grandes decepções da temporada do futebol inglês, senão a maior. O Everton contratou alguns nomes para o elenco como Demarai Gray, Townsend e Rondón. Entretanto, a campanha dos Toffees é muito ruim, inclusive com troca de treinadores. Rafa Benitez não resistiu a pressão do momento e foi trocado por Frank Lampard. Além disso, o clube recebeu dois nomes de jogadores que viveram bons momentos para o elenco: van De Beek e Dele Alli. Mesmo assim, o time de Liverpool não saiu da atual situação.

O Everton é o 17º colocado com 25 pontos, três a mais que o Watford, que abre o Z3. Além disso, nos últimos 10 jogos, foram apenas duas vitórias, e oito derrotas. Entretanto, algo que pode ser positivo para os Toffees são que eles tem três partidas a menos que a maioria dos rivais, e pode sair da situação.

Watford

Abrindo a zona de rebaixamento, encontra-se o Watford. A equipe da região próxima a Londres demonstrou que iria brigar para se manter na Premier League desde o início, e isso se confirmou na troca de técnicos. O clube já mudou o seu comandante duas vezes na atual temporada, começando com Xisco Muñoz, depois com Claudio Ranieri e agora, com Roy Hodgson. A equipe é a segunda com mais derrotas na competição, com 19 reveses, atrás apenas do Norwich. Enfim, a campanha é de 22 pontos, na 18º posição, e apenas seis vitórias no torneio.

Burnley

Na vice-lanterna, os Clarets demonstram muita dificuldade ofensiva, e isso é um dos fatores que fazem com que o Burnley esteja na luta contra o rebaixamento. A equipe tem o segundo pior ataque da competição com 22 gols, a frente apenas do Norwich. Além disso, é um time que perde muitos pontos. São 12 derrotas no campeonato, o que não é tanto, se comparar com times que estão na mesma briga. Entretanto, o clube tem apenas três vitórias na competição, sendo o time que menos ganhou na Premier League, e o segundo que mais empatou, em 12 ocasiões.

Porém, o Burnley é outro time com 27 jogos, e pode se recuperar nos duelos atrasados. O time tem 21 pontos na Premier League.

Norwich City

Por fim, o lanterna da competição. A saber, o Norwich City trouxe algumas contratações de jovens como Sargent, Rashica e Kabak que prometiam que a temporada dos Canários seria diferente das últimas participações na Premier League. Entretanto, a equipe não engrenou da forma que se esperava. O clube tem o pior ataque e a segunda pior defesa do campeonato, além de ser a equipe que mais perdeu e a segunda que menos venceu no torneio. Por fim, nem Daniel Farke, que iniciou o campeonato como técnico, como Dean Smith, ex-Aston Villa, conseguiram engrenar.

Enfim, o Norwich é o 20º colocado com apenas 17 pontos. São quatro vitórias, cinco empates e 20 derrotas. Além disso, os Canários vem de uma sequência de seis reveses seguidos. São apenas 18 gols marcados e 63 sofridos.

SHARE