Felix Afena-Gyan, a nova joia da Roma

Aos 18 anos de idade, o atacante Felix Afena-Gyan caiu nas graças dos torcedores da Roma e em pouco tempo virou o novo queridinho do técnico José Mourinho. Os seus dois gols na vitória contra o Genoa não passaram despercebidos e mostraram que o clube da capital encontrou uma grande joia.

Antes de arruinar a estreia do ucraniano Andriy Schevchenko no comando do Genoa, Afena-Gyan já havia mostrado seu talento nos confrontos diante do Cagliari e do Milan, mas só conseguiu encontrar as redes no Estádio Luigi Ferraris, em Gênova. Além disso, os gols marcados pelo centroavante fizeram Mourinho dar a ele um tênis que custa 800 euros (pouco mais de R$ 5 mil).

Para entender como Afena-Gyan caiu nas graças do treinador português e passou a receber chances na equipe titular da Roma, precisamos voltar para 2020. Na época, Morgan De Sanctis e Simone Lo Schiavo tiveram o primeiro contato com o atacante ganês através de um vídeo, onde o jovem jogador mostrava suas habilidades.

Afena-Gyan, que foi descoberto pelo empresário Oliver Arthur em um torneio interescolar na Gana, defendia o EurAfrica FC e seu futebol despertou o interesse da Roma. O jogador foi emprestado ao clube da capital italiana e rapidamente convenceu o time a investir por volta de 200 mil euros em sua contratação, que teve o sinal verde de Paulo Fonseca.

Veloz e altamente letal na frente da meta adversária, Afena-Gyan anotou três gols em cinco jogos pela equipe sub-18 e rapidamente foi promovido para o time “primavera”. No sub-19 da Roma, o ganês começou sua trajetória no banco de reservas, mas não demorou para virar titular. No final de tudo, o centroavante fechou a temporada passada com quatro tentos em 14 duelos disputados.

Ainda no time sub-19 dos giallorossi, Afena-Gyan não parou de surpreender e começou a temporada 2021/22 de maneira avassaladora, com seis gols em cinco confrontos. O então recém-chegado Mourinho notou as habilidades do centroavante e imediatamente se encantou, passando a dar chances a ele na equipe principal.

O “Special One” decidiu colocar Afena-Gyan em campo no difícil duelo contra o Cagliari, na Sardenha. O ganês pareceu não ter sentido nenhuma pressão e conseguiu fazer a diferença na vitória por 2 a 1, que foi de virada. Quase um mês depois, o centroavante balançou as redes pela primeira vez como profissional diante do Genoa.

A nova joia romana se tornou o primeiro jogador nascido em 2003 a marcar um gol na Serie A e dois em um mesmo jogo entre as cinco principais ligas do continente europeu. Ele também virou o mais jovem atleta da Roma a balançar as redes duas vezes na mesma partida desde 1994.

Aniello Parisi, técnico do Swift Hesperange, de Luxemburgo, foi o responsável por comandar os primeiros treinamentos que Afena-Gyan participou na Roma. O treinador italiano comparou a velocidade do ganês ao do hondurenho David Suazo e a técnica com a do gambiano Musa Barrow, do Bologna.

O descobrimento de Afena-Gyan foi mais um tiro certeiro das categorias de base da Roma, que já formou diversos bons jogadores, entre eles Lorenzo Pellegrini, Francesco Totti e Daniele De Rossi. Muitas coisas chamam atenção no atleta ganês, como sua velocidade, capacidade física e de finalização e movimentação sem bola.

Esse é apenas o começo da trajetória de Afena-Gyan com a camisa da Roma, tudo indica que ele irá evoluir ainda mais no futuro e poderá se transformar em uma peça vital para o plantel giallorosso.

SHARE