Tottenham, as primeiras impressões de Antonio Conte

O polêmico e extravagante Antonio Conte chega ao Tottenham com mais uma missão ambiciosa de colocar os Spurs entre os times de topo da Premier League e mostrar desempenho dentro de campo, já que o time de Londres nas passagens de Mourinho e Nuno Espírito Santo enfrentou problemas e inconsistência.

Nessa análise, vamos falar sobre os principais pontos do time taticamente com base nos dois primeiros jogos de Antonio, contra Vitesse e Everton.

Saída de bola

O time de Londres prioritariamente sai jogando por baixo, numa saída com 5 jogadores, os 3 zagueiros e os 2 volantes, os alas tem liberdade para irem ao ataque e ficarem como pontas, mas dependendo da pressão adversária eles podem baixar e auxiliar na saída de bola dos Spurs. Predominantemente o time tenta construir pelos corredores laterais, usando muitas tabelas entre os meias e os alas, que são muito participativos no sistema do Antonio Conte.

numeros apenas ilustrativos

Organização Defensiva

O time em Organização Defensiva varia entre um 5-4-1 com Harry Kane isolado lá na frente, esquema que predominantemente usado contra o Everton, e o 5-2-3 com Lucas Moura e Son como pontas a frente, já esse foi mais usado contra o Vitesse. O comportamento do time é uma marcação por zona, em um bloco médio/baixo, se assemelhando muito com a Inter de Milão treinada pelo italiano.

numeros apenas ilustrativos

Organização Ofensiva

Atacando Conte segue o padrão de seus times e o time tenta sempre atrair o adversário para acelerar a frente, seja com os alas ou ligações diretas no ataque, Son e Lucas funcionando como uma dupla de meias avançados, com liberdade para fazer essa flutuação atrás de Harry Kane, seja pisando na área, recuando ou indo para as pontas.

Os alas no momento ofensivo se projetam a frente como pontas, dando amplitude e alargando o campo, sempre buscando fazer o apoio, os Spurs fazem muitas inversões na lateral oposta, lançando até o outro ala que ataca a área, jogada muito usada nesses últimos jogos e que é tendência das formações com alas, a exemplo da Alemanha na última Eurocopa com Gosens, o esquema do time no ataque é um 3-4-2-1 ou 3-4-3.

Até o momento com uma vitória e um empate, Antonio Conte começa sua caminhada no Tottenham, mas já apresenta padrões, dinâmicas e aspectos táticos muito legais, veremos como o italiano que influenciou muito a Premier League e a Serie A vai se sair nessa passagem pelos Spurs.

numeros apenas ilustrativos

Fotos: TacticalPad

 

Standings provided by SofaScore LiveScore

SHARE