A terça de Champions: Goleadas de City e Real, Messi e Salah decisivos e Milan em apuros

Uma terça-feira, simplesmente, ALUCINANTE no futebol europeu! Na abertura da 3ª rodada da fase de grupos da Champions League, não faltaram gols, polêmicas e, claro, excelentes jogos. Naquele que, talvez, fosse considerado o principal duelo de hoje, o Liverpool arrancou uma vitória importantíssima, por 3 a 2, contra o Atlético de Madrid. O placar final, porém, não ficou isento de controvérsias. Isso porque o time casa reclama da expulsão de Griezmann e de um pênalti não marcado na parte derradeira da partida.

Já em Paris, o PSG também venceu por 3 a 2, mas com mais drama. O time precisou de dois gols de Lionel Messi para virar o duelo, que chegou a ficar favorável para o RB Leipizig. Por outro lado, Manchester City e Real Madrid não economizaram nos gols. Ambos jogaram fora de casa e venceram com tranquilidade, por 5 a 1 e 5 a 0, respectivamente. Por fim, falando sobre os italianos, a grande decepção ficou por conta do Milan, que… perdeu de novo. Ou seja, a terceira derrota dos rossoneros em três jogos, dificultando demais a situação no grupo B da Champions. Já a Inter respirou: venceu a primeira e encostou nos líderes.

Quer saber mais detalhes desta terça agitada de Champions League? Acompanhe a seguir, aqui no MondoSportivo Brasil, um resumo recheado com os destaques deste início de 3ª rodada da maior competição de clubes do mundo.

Show de Vini Jr. na goleada do Real

Jogando na Ucrânia, o Real Madrid precisava da vitória para se recuperar no grupo D, após ser surpreendido em casa pelo Sheriff, na última rodada. E o resultado veio com muita facilidade nesta terça. Diante de um Shakhtar Donetsk muito frágil defensivamente, o Real só penou um poquinho para marcar o primeiro: Serhiy Kryvtsov, de forma bizarra, colocou contra as próprias redes, na tentativa de cortar um lançamento para Benzema. Mas, depois disso, o placar foi construído de forma bem natural.

O Real emplacou um tento atrás do outro e venceu por 5 a 0. Vinicius Junior, nesse contexto, foi o grande destaque. O brasileiro marcou o segundo e o terceiro, ambos golaços, e ainda deu o passe para Rodrygo fazer o quarto. O ex-jogador do Santos, inclusive, chegou a sete gols em 19 jogos na UCL, com, ao menos, uma participação em gol a cada 70 minutos. Simplesmente impressionante! Já o Vini Jr. ficou com a nota 8,9 no site SofaScore em, possivelmente, sua melhor apresentação com a camisa merengue em Champions League.

Ainda no finalzinho, Karim Benzema – outro que jogou demais – foi premiado com seu golzinho, para fechar a conta. Agora, o Real empata em pontos com o Sheriff (6), na ponta do grupo D. Logo atrás, com quatro pontos, está a Internazionale, que desencantou no torneio e, enfim, venceu!

Inter espanta zebra e vence em Milão

Antes da temporada começar, o torcedor mais atento diria que este hoje desta terça, contra o Sherrif Tiraspol, da Moldávia, seria o mais tranquilo para a Inter em sua trajetória na Champions. No entanto, a campanha perfeita do adversário – com direito a vitória contra o Real Madrid no Santiago Bernabéu – mudou completamente este panorama. Ainda assim, a campeã italiana deu um jeito de conseguir os três pontos.

Edin Dzeko abriu o placar ainda na primeira etapa, mas o valente time visitante empatou, no início do tempo complementar, com Sébastien Thill. Contudo, a Inter conseguiu espantar a zebra e venceu por 3 a 1, com uma parte final de jogo bastante convincente. Arturo Vidal e Stefan De Vrij marcaram os gols do triunfo, que tranquiliza – ao menos, um pouco – a situação dos nerazzurri na competição. Agora, a Inter visita o Sheriff na próxima rodada, precisando vencer para ultrapassar o próprio rival. Com a confiança deste resultado positivo diante de um adversário direto, naturalmente, o time de Milão retoma o favoritismo para si em busca da classificação para as oitavas. É preciso, porém, cuidado com este traiçoeiro time da Moldávia, estreante no torneio, mas já com uma bela história escrita ao longo dessas três rodadas.

Milan em apuros no grupo B

Se a Inter venceu nesta terça e se reabilitou na disputa de uma vaga na próxima fase da UCL, o mesmo não pode ser dito do Milan, que perdeu de novo e se complicou ainda mais. Diante do Porto, em Portugal, os rossoneros acabaram derrotados por 1 a 0, com gol de Luis Díaz – e que deu o que falar. Os jogadores do Milan reclamaram muito de uma falta em cima de Bennacer, na jogada do gol. Entretanto, o juizão da partida validou o tento após checagem no VAR.

Ainda assim, a partida do Milan ficou muito abaixo das expectativas. Com apenas quatro finalizações a gol (contra VINTE do rival português) a equipe rossonera foi totalmente dominada e flertou com um gol sofrido a todo momento. De fato, uma distância enorme para o padrão apresentado até aqui no campeonato italiano. Por algum motivo, este time não consegue se encontrar no torneio continental, o que gerou um preço alto a ser pago. Sem nenhum ponto em três partidas, o Milan fica em uma posição dramática. A sorte, talvez, tenha sido o triunfo do Liverpool em cima do Atlético de Madrid, que brecou os espanhóis. Agora, tanto o Atleti, quanto o Porto tem quatro pontos.

Para o Milan, portanto, resta vencer tudo. Um empate, possivelmente, já elimina as chances da equipe em avançar de fase. No momento, até mesmo uma vaga na Europa League está dificultada. Certamente, não é o roteiro que o torcedor milanista aguardava para este retorno à Champions, após sete temporadas de ausência. No entanto, a realidade é essa e só resta continuar trabalhando. Contra o Porto, em casa, a primeira “final” do sete vezes campeão europeu. Só vencer interessa.

Liverpool vence Atlético (com polêmicas)

No Wanda Metropolitano, em Madrid, Atlético e Liverpool fizeram um baita jogaço – como já era esperado. O duelo ficou marcado por diferente “períodos” dentro dos 90 minutos. Muito mais ligados, os Reds entraram em campo em alta voltagem, pressionando e encurralando o time da casa. O resultado, então, foi um 0 a 2 relâmpago. Mohammed Salah, após jogadaça, bateu para o gol (com desvio) e inaugurou o marcador. Cinco minutos depois, aos 13, Naby Keita ampliou, com linda finalização de primeira.

Parecia que uma lavada estava a caminho nesta terça-feira. No entanto, o time de Simeone colocou a cabeça no lugar e, aos poucos entrou no jogo. Com 20 minutos, Antoine Griezmann desviou chute de Koke e descontou. O francês, que desperta um misto de amor e ódio do lado vermelho de Madrid, ainda empataria aos 34 minutos. O gol teve participação crucial de José Félix – e uma pequena falha de Van Dijk. Antes disso, Alisson evitou outro gol de Griezmann, cara a cara com o atacante. O goleiro brasileiro, inclusive, foi um dos grandes destaques da partida, com ótimas intervenções.

No segundo tempo, as grandes polêmicas do duelo. Griezmann, herói até então, se transformou em vilão: elevou demais a perna, acertou a cabeça de Roberto Firmino e foi expulso! Com um a menos, o Atlético até lutou, ofereceu perigo, mas acabou sucumbindo. Após um balão para a área, Hermoso acabou derrubando Diogo Jota. juiz assinalou pênalti, que Salah não desperdiçou. Contudo, pouco depois, um lance quase idêntico, do outro lado, gerou muita reclamação. Isso porque, após apontar a marca da cal, o juiz foi ao VAR e mudou de ideia, retirando o pênalti para o Atlético. Sendo assim, o placar se manteve favorável em 3 a 2 ao Liverpool, que segue 100% na Champions.

Messi faz dois e PSG se salva em Paris

Não foi fácil, mas bastou. Com duas viradas de placar na partida, o PSG conseguiu vencer o RB Leipzig, em Paris, nesta terça de Champions. Sem Neymar em campo, mas com Mbappé e Messi, o time francês saiu na frente – justamente com o seu camisa 7. Kylian Mbappé recebeu lançamento e, em sua característica, carregou com velocidade, antes de bater com categoria no canto do goleiro.

O gol, porém, parece ter deixado o PSG um pouco relaxado no campo. A equipe, que já tem problemas defensivos latentes, voltou a se complicar. O gol do RB Leipzig foi maturando, até que saiu, com André Silva. No segundo tempo, Mukiele virou o duelo, calando a torcida no Parque dos Príncipes. Só que aí apareceu um tal de Lionel Messi. Até então discreto no jogo, o argentino fez dois em menos de dez minutos. Primeiro, aproveitamento rebote de seu próprio chute que pegou na trave e, depois, em cobrança de pênalti, com direito a uma cavadinha enjoada no meio da baliza.

Com o 3 a 2 na conta, o PSG ainda flertou com perigos lá atrás, mas conseguiu sustentar a vitória. Um triunfo importantíssimo, vale dizer, já que o Manchester City também venceu na rodada. Sendo assim, o Paris Saint-Germain se mantém em primeiro na chave, com sete pontos. No entanto, apesar da vitória, o time francês demostra que, coletivamente, ainda não está em seu nível máximo. Resta a dúvida de até onde esta equipe poderá chegar caso comece a atuar, de fato, com mais contundência.

Manchester City amassa o Club Brugge na Bélgica

Após desempenhar um bom jogo contra o PSG e vener o RB Leipzig, na Alemanha, o organizado time do Club Brugge acabou fazendo uma má partida. Diante do Manchester City, os belgas não viram a cor da bola. Desde o início muito recuados, aceitaram de forma muito passiva a pressão dos comandados de Pep Guardiola, que tiveram tranquilidade para construir o placar de 5 a 1.

João Cancelo e Riyad Mahrez, de pênalti, marcaram ainda antes do intervalo. Walker e o jovem Cole Palmer ampliaram na segunda etapa, pouco antes de Vanaken descontar a favor dos mandantes. Só que Mahrez, novamente, teve tempo de deixar mais um, dando números finais ao jogo. Apesar do dia ruim, o Brugge segue sendo uma das sensações da Champions League. O time tem bons atributos e, com quatro pontos, ainda pode sonhar com uma classificação no grupo A, que conta com PSG e Manchester City. Difícil, mas não impossível. Já o City se mantém em segundo e, certamente, deve estar pensando no duelo de volta contra o Paris Saint-Germain que, talvez, sirva para definir a ordem de classificação na chave.

Ajax e Sporting também goleiam

Na Holanda, o Ajax surpreendeu, de certa forma, e passou por cima do Borussia Dortmund nesta terça. Reus (contra), Blind, Antony e Haller – o artilheiro da Champions – marcaram a favor da equipe de Amsterdã, que venceu por 4 a 0. A campanha é fantástica! Três vitórias, 11 gols marcados e somente um sofrido para o Ajax, que se isola na liderança do grupo C. Já o Borussia, apesar do revés, está em segundo.

No outro jogo do grupo, também nesta terça-feira, mais uma goleada. O Sporting foi até a Turquia enfrentar o Besiktas e aproveitou inúmeras falhas dos mandantes em cobranças de escanteio. Três dos quatro gols dos portugueses, na vitória por 4 a 1, saíram após uma jogada de tiro de canto. Com isso, o Sporting se mantém vivo na briga por uma vaga nas oitavas. Agora, a equipe de Lisboa tem três pontos. Já o Besiktas se mantém zerado na pontuação.

Todos os resultados desta terça na Champions League

  • Besiktas 1-4 Sporting
  • Club Brugge 1-5 Manchester City
  • Shakhtar Donetsk 0-5 Real Madrid
  • Paris Saint-Germain 3-2 RB Leipzig
  • Atlético de Madrid 2-3 Liverpool
  • Internazionale 3-1 Sheriff
  • Ajax 4-0 Borussia Dortmund
  • Porto 1-0 Milan
SHARE