8ª rodada da Serie A: Napoli e Milan firmes na ponta, fim da invencibilidade da Inter e Juventus em ascensão

E lá se foi a 8ª rodada da Serie A! Em um fim de semana marcado por clássicos (e polêmicas), tivemos como destaque as vitórias importantíssimas de Napoli e Milan e o tropeço da Inter frente à Lazio. Além disso, a Juventus ganhou a quarta seguida, já figurando na parte de cima da tabela. Mais abaixo na classificação, o Cagliari, enfim, triunfou. No entanto, o time da Sardenha ainda não conseguiu deixar a zona vermelha do campeonato. E para você ficar atualizado sobre o que de mais importante aconteceu na rodada do futebol italiano, o MondoSportivo Brasil preparou um resumo especial. Venham conferir!

Lazio vence Inter em jogo polêmico

Jogando em Roma, a Inter viu sua invencibilidade nesta temporada da Serie A ir para o espaço. Curiosamente, contra a Lazio, a ex-equipe de Simone Inzaghi, o treinador dos nerazzurri. Embora tenha aberto o placar, com Perisic batendo pênalti, a Inter em nenhum momento esteve à altura do desempenho da equipe mandante. Com muito mais volume e posse de bola, a Lazio dominou as ações e venceu por 3 a 1.

Apesar de sofrer o gol, não baixou a guarda e seguiu atacando. O empate não saiu na primeira etapa, mas no tempo complementar, enfim, as redes do Stadio Olimpico balançaram. Primeiro, em mais um pênalti. Dessa vez, Immobile foi para a batida e converteu. Faltando dez minutos para o fim, o lance mais importante (e polêmico) do jogo. Felipe Anderson conduziu contra-ataque e não chutou a bola para fora, apesar de Dimarco, da Inter, estar caído no gramado. Faltou fair play?

Fato é que a jogada se desenvolveu e o próprio brasileiro sacramentou a virada. Felipe Anderson, inclusive, teve a maior nota do jogo (8,3) de acordo com o site SofaScore. Já nos acréscimos, Milinkovic-Savic, de cabeça, deu números finais ao jogo. Uma vitória contundente da Lazio, que mostra sua força e pula para a 4ª colocação na Serie A. O time da capital não perde em casa há 17 jogos – melhor marca desde 2002.

No fim do jogo, ainda houve tempo para mais uma confusão – envolvendo outro brasileiro. O zagueiro Luiz Felipe “comemorou” a vitória após o apito final pulando em cima de Joaquín Correa, seu ex-comapnheiro ea Lazio, atualmente na Inter. Contudo, o argentino não gostou nada da brincadeira e partiu para a briga. Luiz Felipe acabou expulso e chorou, ainda no gramado do Olimpico.

Milan busca virada contra Verona

Já em Milão, a equipe da casa se livrou de um verdadeiro problemão nesta 8ª rodada. Atrás no placar, por 2 a 0, o Milan conseguiu virar a partida diante do Verona com três gols na segunda etapa. Caprari e Barak (batendo pênalti) marcaram para a esquadra visitante, que liderava por dois gols com pouco mais de 20 minutos. Importante salientar: apesar de ser apenas o 13º colocado na Serie A, o Verona tem um dos melhores ataques da competição, com 17 gols – atrás somente de Napoli, Milan, Inter e Lazio.

O problema, porém, é o sistema defensivo, que também sofreu 17 gols. Diante de um adversário vulnerável, o Milan não se abateu e soube construir o resultado em San Siro. Talvez, na temporada passada, tal cenário fosse irreversível para os rossoneros. Contudo, nesta edição da Serie A, o Milan é muito mais confiável (e organizado), principalmente no setor ofensivo.

Giroud, de cabeça, Kessié, cobrando pênalti, e Günter, com um gol contra bizarro, foram os responsáveis pela remontada do Milan, que venceu por 3 a 2. O Verona até se portou bem após sofrer um gol, mas com o empate sofrido acabou se assustando no campo. O terceiro gol é o retrato do pânico que tomou conta do time visitante. No fim, o Milan mostra, novamente, que “aprendeu” a jogar em casa, diante de adversários mais reativos.

A equipe de Stéfano Pioli segue firme na perseguição ao Napoli. Agora, são 22 pontos conquistados, dois a menos que o time do sul da Itália, que ainda tem campanha perfeita (8 vitórias em 8 jogos) no torneio. De quebra, o Milan abriu vantagem em relação a rival Inter, que estacionou nos 17 pontos após a derrota para a Lazio.

Napoli e Juventus arrancam vitórias suadas

Roteiros distintos, mas resultados iguais. Napoli e Juventus conseguiram vencer pelo placar mínimo nesta 8ª rodada da Serie A. Em Turim, a Vecchia Signora marcou logo cedo, com Moise Kean, de cabeça. Ainda no primeiro tempo, a Roma chegou a empatar… mas o tento não valeu. Isso porque o juiz apitou um pênalti o lance, deixando de aplicar uma possível vantagem. Enfim, na cobrança do penal, Veretout parou no goleiro Szczesny, criticado por alguns erros em rodadas recentes.

Apesar do lance controverso, a Juve mereceu vencer. O segundo tempo do duelo foi marcado por alguns bons chutes de fora da área, mas sem chances claríssimas de gol. Nesse contexto, o time comandado por Massimiliano Allegri demonstrou evolução, principalmente na defesa. Há três jogos (contando a Champions League), a Juve não é vazada. Agora, são quatro vitórias seguidas na Serie A, que colocam o time já na 7ª colocação, com 14 pontos conquistados.

Em Nápoles, adivinhem… o líder venceu mais uma. Todavia, foi um confronto sofrido. Mas, de tanto martelar, o Napoli conseguiu o placar magro a seu favor. Antes do gol salvador de Osimhen, já aos 36 da segnda etapa, Insigne perdeu um pênalti (pelo segundo jogo consecutivo), Di Lorenzo teve gol anulado pelo VAR e a trave ainda salvou o Torino.

Contudo, não se enganem! O time visitante fez um bom jogo e, inclusive, finalizou mais. Só que faltou aproveitar as chances. Com uma dose de sorte, o Napoli se mantém 100% no campeonato após oito jogos. Uma equipe que vence mesmo em dias de dificuldade – algo crucial para quem quer ser campeão.

Você pode ler mais sobre a vitória do Napoli aqui.

Outros destaques

Goleada da Atalanta

A Atalanta, enfim, desencantou. Jogando contra o Empoli, na Toscana, a Dea goleou por 4 a 1 e pulou para a sexta colocação da Serie A. Esta foi a primeira de quatro vitórias da Atalanta com mais de um gol de diferença. Ilicic, duas vezes, colocou o time de Bérgamo à frente na primeira etapa. Di Francesco ainda diminuiu, mas Viti (contra) e Zapata sacramentaram o resultado no segundo tempo. Será que, finalmente, a Atalanta chegou com força para a disputa do campeonato?

Cagliari vence a primeira

Na Sardenha, o Cagliari conseguiu sua primeira vitória nesta 8ª rodada da Serie A. O time foi o último do campeonato a conquistar um triunfo, mas, mesmo assim, não deixou a zona de rebaixamento. João Pedro, duas vezes, e Martín Cáceres foram às redes, diante de uma Sampdoria apática mais uma vez. Thorsby fez o gol dos visitantes, que seguem oscilando demais no campeonato. Agora, a Samp está em 17º lugar, com os mesmo seis pontos das equipes dentro da zona da degola. Um desses times é, justamente, o Cagliari. Ao menos, com o triunfo por 3 a 1, o Casteddu deixou a lanterna – que retornou à Salernitana.

Todos os resultados da 8ª rodada da Serie A

  • Spezia 2-1 Salernitana
  • Lazio 3-1 Inter
  • Milan 3-2 Verona
  • Cagliari 3-1 Sampdoria
  • Udinese 1-1 Bologna
  • Genoa 2-2 Sassuolo
  • Empoli 1-4 Atalanta
  • Napoli 1-0 Torino
  • Juventus 1-0 Roma
  • Venezia 1-0 Fiorentina

Standings provided by SofaScore LiveScore

SHARE