#Highlights GP da Rússia de F1 – Chuva leva a primeira vitória de Norris e traz 100ª de Hamilton

No último fim de semana, a Fórmula 1 presentou seus fãs com um inesquecível GP da Rússia, realizado em Socchi. A corrida em solo russo costuma ser monótona, com poucas ultrapassagens, mas dessa vez, a chuva chegou e deu uma ajudinha.

Bom para Hamilton, que conquistou sua vitória de número 100 na Fórmula 1 e triste para o compatriota Lando Norris, que viu seu primeiro triunfo escapar pelos dedos há cinco volta pro final. Vamos aos highlights!

GRID EMBARALHADO

Graças a chuva durante a classificação, ainda no sábado, o grid de largada teve Lando Norris como Pole Position, seguido de Carlos Sainz e George Russell! Hamilton apareceu apenas na quarta colocação. Max Verstappen largou em último, já que sua RBR precisou trocar de motor e Bottas largou na 16ª colocação, também por trocar de motor.

Com tantos bons pilotos espalhados pelo grid, a largada prometia…

HAMILTON COMEÇOU MAL, MAS NO FIM, 100 VEZES LEWIS

De quarto, o inglês Lewis Hamilton caiu para a sétima posição do grid logo na largada. O hepta campeão acabou ficando no bolo de carros na curva 2 e ficou para trás. Porém, experiente como sempre, Hamilton teve paciência e fez sua corrida de forma tranquila.

Com as paradas e uma boa estratégia da Mercedes, o inglês conquistaria um pódio, mas acabou ganhando a vitória de Lando Norris, que teimou em parar nos boxes quando a chuva chegou, no fim da corrida.

Dessa forma, o inglês reassumiu a liderança do campeonato em busca do oitavo título e ainda conquistou sua centésima vitória na F1. LENDA!

VERSTAPPEN ESCALA O PELOTÃO

Enquanto isso, Leclerc e Verstappen, que largaram na última fila, escalavam o pelotão. O piloto da Ferrari fez excelente largada e conquistou a 12ª colocação já nas primeiras voltas. Já Max não teve dificuldades para superar Bottas na sétima volta e tomar o 14ª lugar do finlandês.

Antes da chuva chegar, Max estava com dificuldades para chegar nas primeiras posições, mas a Red Bull foi cirúrgica, parou seu piloto na hora certa, e deu ao holandês o segundo lugar da corrida e não permitindo que Hamilton abrisse boa distância no mundial.

SMOOTH OPERATOR!

Carlos Sainz largou em segundo, liderou a corrida por 13 voltas e conseguiu um terceiro lugar para a Ferrari. Seria tudo normal, não fosse o péssimo ano vivido pela equipe italiana.

NORRIS DESPERDIÇA PÓDIO

Entalado com a vitória de Daniel Ricciardo na última corrida, Norris fez de tudo para que, em Socchi, sua primeira vitória chegasse. Largou na Pole, fez uma ótima corrida mas foi novamente vítima da chuva, como já tinha sido em Spa.

O inglês acreditou que seria possível levar o carro até o fim sob a leve garoa que caiu no circuito há sete voltas do fim e não levou em conta os chamados da McLaren para que ele fosse ao box trocar os pneus. Hamilton, que estava próximo de Lando, fez a troca e a chuva desabou.

Com pneus para pista seca, Norris não conseguia mais segurar sua McLaren na pista e rodou, saiu do traçado várias vezes, até que enfim, chegou aos boxes. Faltando quatro voltas para o fim, Lando não teve tempo para se recuperar e terminou na sétima colocação.

A decisão arriscada do piloto inglês poderia tê-lo transformado em gênio, mas sem dúvida, faltou experiência. Como diz Mano Brown, “viver pouco como um rei ou muito como um zé?”

CLASSIFICAÇÃO FINAL

Bottas ainda alcançou o quinto lugar depois de toda a confusão da chuva, enquanto Ricciardo quase foi ao pódio pela segunda corrida seguida. Fernando Alonso também fez ótimo GP em Socchi e terminou na sexta colocação.

Perez, da Red Bull, ficou apenas em nono, atrás de Raikkonen, da Alfa Romeo. George Russell completou o Top 10.

MUNDIAL DE PILOTOS

PRÓXIMA PARADA

A Fórmula 1 volta no fim de semana de 10 de outubro para o GP da Turquia.

SHARE