Goleada do Leipzig e o duelo dos Borussia’s: a 6ª rodada da Bundesliga

Rodada 6 da Bundesliga

FÜRTH 1 X 3 BAYERN DE MUNIQUE

Gols: Itten (87’) // Müller (10’), Kimmich (31’) e Griesbeck (GC) (68’)

O 3 a 1 do Bayern sobre o Fürth tinha de tudo pra ser mais uma vitória pragmática do líder, mas há algumas facetas desse jogo que valem a pena destacar.

Esta foi a oitava vitória seguida do Bayern, que vai estendendo cada vez mais o bom início de trabalho de Nagelsmann. No entanto, apesar da série de triunfos ter se estendido, a sequência de jogos balançando as redes de Lewandowski terminou. Foi a primeira vez desde fevereiro que o polonês não marcou em uma partida de Bundesliga e, com isso, deixou de igualar o recorde de Gerd Müller, que marcou gols por 16 partidas de liga seguidas.

Saindo das estatísticas e indo pra bola em campo, pudemos ver um Fürth que até surpreendeu de certa forma e conseguiu agredir os bávaros, inclusive, finalizando mais vezes na direção do gol. Entretanto, não fez o suficiente para evitar a derrota diante de um adversário tão imponente, nem mesmo quando Pavard foi expulso no início do segundo tempo. Além disso, o meia Griesbeck conseguiu evitar o gol recordista de Lewa após falta cobrada por Kimmich, porém, como consequência, acabou empurrando ele mesmo para dentro da própria meta. 

Ainda houve tempo para o atacante Itten marcar o gol de honra dos mandantes já nos minutos finais. 

O Fürth segue na lanterna do campeonato e o Bayern, aproveitando do tropeço do Wolfsburg, se isolou na liderança.

RB LEIPZIG 6 X 0 HERTHA BERLIN

Nkunku (16’), (70’), Poulsen (23’), Mukiele (45’+3), Forsberg (P) (60’) e Haidara (77’)

O RB Leipzig enfim teve uma atuação de gala e que pode ter sido uma virada de chave fundamental para a equipe. Comandados por Nkunku, os ‘Touros’ não perdoaram a pior defesa da competição e chegaram a oito jogos de invencibilidade contra este adversário.

O jovem francês, que já havia marcado um hat-trick contra o Manchester City recentemente, voltou a brilhar marcando dois gols, dando uma assistência e sofrendo o pênalti no gol de Forsberg. Foi muito participativo e canalizou o protagonismo no ataque da equipe; tudo passou por ele. A goleada pode ser fundamental para o elenco e para Jesse Marsch recuperarem a confiança e lutarem por uma vaga no topo da tabela.

O Hertha, que ameaçou uma reação vencendo as duas últimas partidas, voltou a ser goleado e vai mostrando que o grande investimento na janela de transferência não deu resultado até agora.

HOFFENHEIM 3 X 1 WOLFSBURG

Gols: Kramaric (45’+2), Baumgartner (73’) e Kaderábek (81’) // Baku (25’)

O Wolfsburg, que já havia perdido a liderança rodada passada, agora perde também sua invencibilidade. A boa defesa dos ‘Lobos’ era a melhor da competição até então, mas não funcionou diante das investidas do Hoffe. A equipe até saiu na frente em um belo contra-ataque no primeiro tempo finalizado com um belo chute de fora da área de Baku, mas um cochilo da defesa permitiu o empate nos últimos minutos da primeira etapa.

Além da defesa, o ataque também não fez um bom jogo. Weghorst, principal nome ofensivo do time, terminou a partida sem nenhum chute a gol. O poder de fogo da equipe, basicamente, se limitou ao seu gol no início.

Com o adversário em um dia ruim em quase todos os setores, o Hoffenheim aproveitou e conquistou sua segunda derrota nesta Bundesliga; fundamental para não deixar o bloco de baixo encostar e para não se desgrudar de uma briga na parte superior. Agora, é o nono colocado.

FRANKFURT 1 X 1 COLÔNIA

Gols: Borré (45’+6) // Skhiri (14’)

O Frankfurt empatou mais uma. Foi o quinto empate consecutivo e a equipe segue sem vencer na temporada. O Colônia empatou sua terceira seguida, mas, com os pontos somados anteriormente, conseguiu se manter em sétimo lugar.

Na partida, ambas as equipes tiveram oportunidades para sair com a vitória mas fracassaram. Os destaques do jogo são ambos das ‘Águias’, Kostic e Borré. O sérvio segue sendo fundamental no setor ofensivo do time e deu mais uma assistência. Lembrando que ele participou dos últimos quatro gols da equipe. E o colombiano, depois de muitas tentativas, enfim, marcou seu primeiro gol na temporada.

BAYER LEVERKUSEN 1 X 0 MAINZ 05 

Gol: Wirtz (62’)

Se tem jogo do Leverkusen, tem gol de Florian Wirtz. O alemão continua a estender seus incríveis números participando de gols em todos os jogos que disputou. Dessa vez, seu gol teve ainda mais valor porque, além de ter sido o da vitória, tornou-se, com ele, o jogador mais jovem da história da Bundesliga a marcar dez gols. 

Wirtz à parte, os donos da casa fizeram um bom jogo e foram superiores no geral. Conseguiram transformar seu volume de jogo em chances reais e mostrou que também consegue lidar com defesas mais fechadas. 

O Mainz, melhor defesa da competição, até resistiu bem, mas não foi capaz de parar a estrela do garoto de 18 anos. A equipe não se limitou apenas a defender e também teve suas estocadas, porém, parou na boa partida de Hrádecký.

Na tabela, o Leverkusen ganhou três posições e agora é o vice-líder; já o Mainz, desceu do quarto para o sexto lugar.

UNION BERLIN 1 X 0 ARMINIA BIELEFELD

Gol: Behrens (88’)

Uma boa e equilibrada partida foi disputada em Berlim com cada equipe se destacando em um tempo diferente. No primeiro, o Union foi superior e no segundo o Arminia impôs melhor seu jogo.

No entanto, curiosamente, as duas melhores chances do time da casa vieram na segunda etapa. Primeiro com o gol de Behrens trombando com os zagueiros para abrir o placar já na reta final e poucos minutos depois o atacante voltou a incomodar soltando uma bomba no travessão.

Ainda sem vitórias na Bundesliga, o Arminia entrou na zona de playoff nessa rodada e sua sequência ruim começa a preocupar.

BORUSSIA M’GLADBACH 1 X 0 BORUSSIA DORTMUND

Gol: Zakaria (37’)

No duelo de Borussia’s, os donos da casa fizeram valer seu mando e levaram a melhor sobre os aurinegros. Com muitos ex-jogadores no adversário, como Dahoud e Hazard, além do técnico Marco Rose, a torcida do Gladbach mostrou sua hostilidade contra estes personagens com diversas faixas de protestos em direção a eles. 

Tal torcida teve ainda dois momentos de ápice, primeiro quando Zakaria marcou aquele que seria o gol da vitória e depois quando Dahoud foi expulso.

O Dortmund, teoricamente, seria o favorito, mas as ausências de Haaland e Reus de última hora deixaram o confronto equilibrado. Sem seus dois craques, Rose optou por um sistema com três zagueiros que não deu certo. A equipe naturalmente já perderia poder de fogo com as baixas e o coletivo, pra piorar, não conseguiu criar para sua dupla de ataque com Malen e Moukoko.

Tudo isso piorou com a expulsão e o Gladbach não precisou fazer uma partida brilhante para ser superior e conquistar sua segunda vitória nesta Bundesliga.

Resultado terrível para o Dortmund porque caiu de posição e agora já vê um Bayern de Munique quatro pontos à frente. Para o Gladbach, nada melhor que um clássico local para elevar a confiança da equipe e tentar achar seu rumo na temporada.

BOCHUM 0 X 0 STUTTGART

O único 0 a 0 da rodada foi bem animado e com chances para os dois lados. No entanto, apesar do bom jogo, nenhuma das equipes saiu satisfeita com o resultado. Ambas com apenas uma vitória na Bundesliga começam a se complicar logo nesse início, principalmente o Bochum, penúltimo colocado.

Na dinâmica partida tivemos os visitantes com mais posse, mas foram os mandantes que acabaram sendo mais diretos e finalizando mais vezes. O mais perto que as equipes chegaram do gol foi quando o zagueiro/lateral do Stuttgart, Mavropanos marcou após a bola ficar viva na grande área. Porém, o VAR pegou um toque de mão do defensor quando ele foi dominar a bola.

FREIBURG 3 X 0 AUGSBURG

Gols: Kübler (6’), Höler (25’) e Grifo (P) (33’)

O Freiburg segue estendendo seu momento espetacular e dessa vez dominou o frágil Augsburg aplicando um sonoro 3-0.

Com a vantagem construída no primeiro tempo, o time de Christian Streich controlou a partida e ainda criou boas chances na segunda etapa para ampliar. A dominância foi tanta que a equipe finalizou treze vezes de dentro da área adversária e 18 no total. Vale lembrar que agora a ‘Raposa’ assumiu a quinta posição com o mesmo número de pontos do Dortmund e, ao lado do Bayern, são os únicos invictos nesta Bundesliga.

O Augsburg já vem com atuações e resultados preocupantes desde a estreia. Segue com apenas dois gols e uma vitória. Caso o nível apresentado se mantenha, será mais uma temporada preocupante para o time da Baviera.

Standings provided by SofaScore LiveScore

SHARE