Bélgica derrota Dinamarca em jogo marcado por homenagens a Eriksen

Em uma partida marcada por homenagens ao meio-campista Christian Eriksen, a Bélgica assegurou sua vaga para as oitavas de final da Eurocopa ao vencer de virada a Dinamarca por 2 a 1, graças aos gols marcados por Thorgan Hazard e Kevin De Bruyne.

Depois de perder na estreia para a Finlândia, a Dinamarca entrou em campo precisando somar pontos e pressionou a Bélgica desde o início. Ainda no primeiro minuto de jogo, o defensor Jason Denayer saiu jogando mal e entregou a bola no pé do rival Pierre-Emile Höjbjerg, que rapidamente tocou para Yussuf Poulsen abrir o placar.

O tento de Poulsen, que foi marcado com somente um minuto e 38 segundos de bola rolando, se tornou o segundo mais rápido da história da Eurocopa, atrás somente do gol feito pelo russo Dmitri Kirichenko contra a Grécia, na edição de 2004 da competição, que foi anotado com um minuto e sete segundos.

A vantagem inflamou os dinamarqueses, que empurrados por sua torcida não pararam de pressionar ao longo da etapa inicial, mas o goleiro Thibaut Courtois impediu pelo menos duas boas oportunidades criadas pelos escandinavos. Sem contar os chutes para fora de Poulsen, Martin Braithwaite e Höjbjerg.

Tendo em vista o domínio da Dinamarca e o placar adverso, o técnico da Bélgica, Roberto Martínez, fez uma alteração no intervalo que mudou o rumo do duelo. De Bruyne, que não atuou na estreia da Euro em função de uma cirurgia na região da face, entrou no lugar de Dries Mertens e virou o grande protagonista.

Aos 54 minutos, De Bruyne recebeu um passe de Romelu Lukaku, driblou dois defensores dinamarqueses e rolou a bola para Hazard encher o pé e correr para o abraço. Após o empate, Martínez colocou em campo Eden Hazard e Alex Witsel, que deram ainda mais qualidade para sua equipe.

Com a Dinamarca não sendo a mesma do primeiro tempo, os belgas foram ganhando mais espaço e encontraram o gol da virada aos 70 minutos. Depois de uma jogada rápida na entrada da área, Hazard tocou para De Bruyne, que mandou um petardo de longa distância para balançar as redes de Kasper Schmeichel.

A valente Dinamarca não jogou a toalha e ainda criou duas excelentes chances para igualar o marcador, mas viu os arremates de Braithwaite pararem em Courtois e no travessão.

A Bélgica chegou aos seis pontos e garantiu vaga para as oitavas de final da Eurocopa, se juntando à Itália. A atual líder do ranking da Fifa também está na ponta da chave B e independentemente do resultado da última rodada ficará entre os três primeiros posicionados do grupo. No pior das hipóteses, avançará como a melhor terceira colocada.

A Dinamarca ainda não somou pontos, mas possui chances de classificação. Na rodada final, diante da Rússia, os escandinavos serão obrigados a vencer e torcer por uma derrota da Finlândia contra a Bélgica. Caso esse cenário aconteça, o grupo teria um empate triplo e tudo seria decidido no saldo de gols.

Homenagens

O duelo foi marcado por muitas homenagens ao meia Eriksen, que desmaiou subitamente no final do primeiro tempo do jogo contra a Finlândia e precisou ser ressuscitado com um desfibrilador. O episódio chocou o mundo do esporte, mas o jogador da Internazionale está internado em Copenhague em condições estáveis.

Na cerimônia do pré-jogo, uma gigantesca camisa da seleção dinamarquesa foi colocada no gramado, com o nome de Eriksen e o número 10 estampados nela. Além disso, os belgas entregaram ao zagueiro Simon Kjaer uma camisa do país autografada por todos os jogadores com a numeração do meio-campista rival e o nome Christian gravado na parte de trás.

A homenagem mais bonita, contudo, aconteceu no 10ª minuto de jogo, quando os jogadores das duas equipes pararam para aplaudir Eriksen juntos. Eles também foram acompanhados pelos espectadores presentes no estádio em Copenhague.

Standings provided by SofaScore LiveScore

SHARE