Guia da Euro 2020: saiba tudo sobre a principal competição de seleções da Europa

Na próxima sexta-feira (11), todo o continente europeu voltará seus olhos para o futebol. A Eurocopa 2020 começa. Dessa forma, Itália x Turquia se enfrentam no Estádio Olímpico de Roma, em um torneio diferente. Primeiramente, a competição foi adiada por um ano, devido a pandemia da COVID-19. Além disso, será uma edição especial. Em comemoração aos 60 anos da UEFA, 11 sedes espalhadas pela Europa receberão o torneio. Enfim, saiba tudo sobre o campeonato neste Guia da Euro 2020, feito pelo MondoSportivo Brasil.

Guia da Euro 2020 do MondoSportivo Brasil

Guia da Euro: 11 sedes e adiamento da competição

A saber, a Eurocopa sempre foi realizada a cada 4 anos, e assim, a última edição ocorreu em 2016. Com isso, a próxima competição deveria acontecer em 2020, mas não aconteceu. Com o surgimento da pandemia da COVID-19, a UEFA decidiu por adiar a competição em 1 ano. Além disso, é uma edição especial do torneio.

A maior entidade do futebol europeu completou 60 anos em 2020, e assim, decidiu-se por realizar a Euro de uma maneira diferente, com 11 sedes espalhadas pela Europa. Entretanto, seriam 13 cidades que receberiam o torneio, mas Bruxelas, na Bélgica e Dublin, na Irlanda, ficaram de lado. Além disso, Bilbao seria a cidade que representaria a Espanha, mas houve a troca do País Basco por Sevilha.

Dessa forma, 11 países receberão o torneio, em cidades diferentes espalhadas pelo Velho Continente. Abaixo, no Guia da Euro, todas as cidades, países, e estádios que são sedes da competição. Todos os estádios terão público de forma reduzida.

  • Inglaterra – Londres – Estádio de Wembley
  • Alemanha – Munique – Allianz Arena
  • Itália – Roma – Estádio Olímpico
  • Azerbaijão – Baku – Estádio Olímpico
  • Rússia – São Petesburgo – Estádio Krestovsky
  • Romênia – Bucareste – Arena Națională
  • Holanda – Amsterdã – Johan Cruyff Arena
  • Espanha – Sevilha – Estádio La Cartuja
  • Hungria – Budapeste – Puskas Arena
  • Escócia – Glasgow – Hampden Park
  • Dinamarca – Copenhague – Estádio Parken

Guia da Euro: grupos e seleções

Agora, vamos começar a falar sobre as 24 seleções que disputarão por um lugar no Estádio Wembley, no dia 11 julho, local e data da grande final da Euro 2020. A saber, as seleções estão divididas em 6 grupos com 4 equipes em cada. Os 2 melhores classificados de cada chave avançam para as oitavas de final. Além disso, os 4 melhores terceiros colocados também garantem um lugar no mata-mata. O novo modelo da Eurocopa é disputado desde 2016.

Grupo A

Começando o Guia da Euro pelo Grupo A, que é composto por Itália, Turquia, Suíça e País de Gales, e reserva grandes emoções dentro da chave. Primeiramente, os italianos estão de volta à uma competição de grande expressão após ficarem de fora da Copa do Mundo de 2018, para tentar o bicampeonato europeu. Além disso, a Squadra Azzurra possui uma geração muito talentosa com nomes como Immobile, Bonucci, Donnarumma, Insigne, Verratti, entre outros. Ainda, a seleção comandada por Roberto Mancini está invicta há 27 jogos.

A saber, os italianos são os grandes favoritos, e jogam as três partidas da fase de grupos em casa. Entretanto, é um grupo equilibrado. Primeiramente, a seleção turca vem com uma geração jovem e muito promissora, com nomes como Yilmaz, Soyuncu, Kabak, Under, Çalhanoğlu, entre outros. Os suíços tem um elenco experiente em grandes competições, e os galeses chegaram às semifinais da última Euro em 2016, e detém a liderança de Gareth Bale, do Tottenham.

Confrontos do Grupo A (Horário de Brasília)

  • 11/06 – Itália x Turquia – 16h – Roma
  • 12/06 – Suíça x País de Gales – 10h – Baku
  • 16/06 – Turquia x País de Gales – 13h – Baku
  • 16/06 – Itália x Suíça – 16h – Roma
  • 20/06 – Itália x País de Gales – 13h – Roma
  • 20/06 – Suíça x Turquia – 13h – Baku

Grupo B

O Grupo B é composto por Bélgica, Dinamarca, Rússia e Finlândia, e os jogos serão disputados em Copenhague e São Petesburgo. A seleção escandinava jogará todas as partidas como mandantes. Primeiramente, o destaque e sem dúvidas uma das favoritas ao título da Euro é a seleção belga. Comandada por Roberto Martinez, a grande geração de jogadores chegam após um 3º lugar na Copa de 2018 e possui grandes jogadores como Lukaku, De Bruyne, os irmãos Eden e Thorgan Hazard, o goleiro Courtois, Tielemans, entre outros atletas.

Além disso, a Dinamarca, campeã europeia em 1992, chega como a grande segunda força do grupo, pelos seus jogadores. Nomes conhecidos como Eriksen, Kjaer, Poulsen, Delaney, Christensen, e a dupla Jensen e Norgaard do Brentford, são destaques do time. Enfim, a Rússia chega com algumas mudanças em relação ao mundial de 2018, e a Finlândia, comandada por Teemu Pukki, do Norwich, chega em sua primeira grande competição na história, mas como grande azarão.

Confrontos do Grupo B (Horário de Brasília)

  • 12/06 – Dinamarca x Finlândia – 13h – Copenhague
  • 12/06 – Bélgica x Rússia – 16h – São Petesburgo
  • 16/06 – Finlândia x Rússia – 10h – São Petesburgo
  • 17/06 – Dinamarca x Bélgica – 13h – Copenhague
  • 21/06 – Finlândia x Bélgica – 16h – São Petesburgo
  • 21/06 – Dinamarca x Rússia – 16h – Copenhague

Grupo C

O Grupo C é composto por Áustria, Holanda, Macedônia do Norte e Ucrânia. Assim como na chave anterior, também há uma estreante: a Macedônia do Norte disputará a Euro pela primeira vez. Por outro lado, a experiente Holanda volta a uma competição de grande porte desde a Copa do Mundo de 2014. A saber, a Laranja Mecânica, campeã da Euro em 1988, é a grande favorita do grupo, sob o comando de Frank De Boer. Os holandeses não terão Virgil Van Dijk, seu principal jogador, mas ainda tem nomes fortes, como Frenkie De Jong, De Ligt, Memphis Depay, Wijnaldum, entre outros.

Além disso, a Ucrânia chega sob o comando de Andriy Shevchenko, maior ídolo da história do país, como técnico, e nomes conhecidos como Zinchenko, Yarmolenko, Malinovskyi e o brasileiro naturalizado Marlos, ex-São Paulo. Enfim, a Áustria tem uma geração de jogadores que atuam na Bundesliga, e seus principais jogadores são Alaba, Sabitzer e Arnautovic. Por fim, a estreante Macedônia do Norte tem como seu principal nome Goran Pandev, um dos destaques da Internazionale campeã da Champions League em 2010, e que atualmente está no Genoa.

Confrontos do Grupo C (Horário de Brasília)

  • 13/06 – Áustria x Macedônia do Norte – 13h – Bucareste
  • 13/06 – Holanda x Ucrânia – 16h – Amsterdã
  • 17/06 – Ucrânia x Macedônia do Norte – Bucareste
  • 17/06 – Holanda x Áustria – Amsterdã
  • 21/06 – Ucrânia x Áustria – 13h – Bucareste
  • 21/06 – Macedônia do Norte x Holanda – 13h – Amsterdã

Grupo D

Seguindo o Guia da Euro, o Grupo D é composto por Inglaterra, Escócia, Croácia e República Checa. As sedes são mais próximas, pois os jogos desta chave serão disputadas em Londres e Glasgow. O Reino Unido volta a receber jogos de Eurocopa desde 1996, justamente quando foi a última participação escocesa no torneio. Além disso, Inglaterra e Escócia também estavam na mesma chave.

O English Team chega como um dos favoritos ao torneio com uma nova geração, mas com nomes já experientes. Henderson, Kane, Maguire, Sterling e Trippier, além dos jovens Foden, Grenwood, Watkins, Reece James, Mason Mount, entre outros. Escócia e Croácia devem brigar pelo 2º lugar. A geração croata vice-campeã mundial em 2018 continua, mas com nomes já de idade avançada e sem experiência, como Modric, Lovren e Rakitic. Por outro lado, os escoceses tem como seus grandes jogadores o lateral Andrew Robertson e o volante Scott McTominay. Por fim, os checos chegam como azarões e com Coufal e Soucek, ambos do West Ham e Schick, do Bayer Leverkusen, como grandes destaques.

Confrontos do Grupo D (Horário de Brasília)

  • 13/06 – Inglaterra x Croácia – 10h – Londres
  • 14/06 – Escócia x República Checa – 10h – Glasgow
  • 18/06 – Croácia x República Checa – 13h – Glasgow
  • 18/06 – Inglaterra x Escócia – 16h – Londres
  • 22/06 – República Checa x Inglaterra – 16h – Londres
  • 22/06 – Croácia x Escócia – 16h – Glasgow

Grupo E

Continuando o Guia da Euro, o Grupo E é composto por Espanha, Polônia, Eslováquia e Suécia. Os jogos serão realizados em Sevilha e em São Petesburgo. A saber, a Fúria é a grande favorita da chave e tenta o tetracampeonato europeu para se isolar como maior campeã da competição. Apesar de não ter jogadores convocados do Real Madrid, se engana quem acha que não é uma seleção talentosa e competitiva.

Nomes como Marcos Llorente e Koke, campeões espanhóis como Atletico de Madrid, além de Ferran Torres, do Manchester City, Adama Traore dos Wolves, Gerard Moreno e Pau Torres do Villarreal campeão da Europa League, fazem parte da Espanha. Além disso, jogadores conhecidos como Jordi Alba, De Gea, Laporte, Azpilicueta, estão no time de Luís Enrique.

Por fim, a Polônia deve ser a segunda força do grupo. Tem o atual melhor do mundo Robert Lewandowski e outros nomes conhecidos como Szczęsny, Zielinski, Milik, Piatek, entre outros. Ainda, querem deixar a má impressão da eliminação na fase de grupos da Copa do Mundo de 2018 para trás. A Suécia não terá Zlatan Ibrahimovic com lesão, mas tem nome como Isak, Forsberg e Kulusevski. Já a Eslováquia deve ser a seleção azarã, apesar de ter jogadores como Skriniar e Hamsik.

Confrontos do Grupo E (Horário de Brasília)

  • 14/06 – Polônia x Eslováquia – 13h – São Petesburgo
  • 14/06 – Espanha x Suécia – 16h – Sevilha
  • 18/06 – Suécia x Eslováquia – 10h – São Petesburgo
  • 19/06 – Espanha x Polônia – 16h – Sevilha
  • 23/06 – Eslováquia x Espanha – 13h – Sevilha
  • 23/06 – Suécia x Polônia – 13h – São Petesburgo

Grupo F

Por fim, o sexto e último grupo no Guia da Euro. O “Grupo da Morte”. A chave mais competitiva do torneio, onde nada menos que três campeãs europeias estarão frente a frente em busca de mais um título. França, Portugal, Alemanha e Hungria compõem o Grupo F. A Alemanha é tricampeã, a França, bicampeã, e Portugal é o atual campeão da Eurocopa. Começando pelos mais fracos do grupo, a Hungria deve sofrer na competição, ainda mais com a ausência de Szoboszlai, seu principal jogador.

Os portugueses chegam para defender o título, talvez com um time melhor e uma geração nova, referente ao plantel do técnico Fernando Santos em 2016. Cristiano Ronaldo tem a companhia de outros atletas como Diogo Jota, Bernardo Silva, Ruben Neves, João Moutinho, José Fonte, Rúben Dias, entre outros jogadores de alto nível. A Alemanha entra em sua “última dança” com Joachim Low, que deixará o comando da seleção após a Euro. Experiência de nomes como Hummels, Muller, Neuer, misturado com novos jogadores como Werner, Gnabry, Kimmich, Sule, Gosens, entre outros, compõem os germânicos.

Enfim, a seleção francesa, para fechar o Guia da Euro com chave de ouro. Já não bastasse a base do time campeão do mundo em 2018 ter se mantido, novos jogadores e caras antigas completam essa equipe muito forte e que sem dúvidas, é a melhor do mundo atualmente. Mbappe, Griezmann, Lloris, Pogba, Rabiot, Dembele, Lucas Hernandez, Varane, Giroud, Kante… a lista é enorme. E também, Karim Benzema voltou a ser convocado pelo técnico Didier Deschamps.

Confrontos do Grupo F (Horário de Brasília)

  • 15/06 – Hungria x Portugal – 13h – Budapeste
  • 15/06 – França x Alemanha – 16h – Munique
  • 19/06 – Hungria x França – 10h – Budapeste
  • 19/06 – Portugal x Alemanha – 13h – Munique
  • 23/06 – Alemanha x Hungria – 16h – Munique
  • 23/06 – Portugal x França – 16h – Budapeste

Guia da Euro: fases eliminatórias e finais

A partir do dia 26 de junho, começa a fase mata-mata da Euro 2020, com os primeiros e segundos colocados de cada grupo, além dos quatro melhores terceiros colocados. As eliminatórias começam na fase oitavas de final, seguida de quartas e semifinais. A partir das semis, todos os jogos serão em Londres, no Estádio Wembley, que também será palco da grande decisão, no dia 11 de julho.

SHARE