Eusebio Di Francesco assume comando do Hellas Verona

O técnico Eusebio Di Francesco ganhou uma nova oportunidade na Serie A do Campeonato Italiano, desta vez no Hellas Verona, que anunciou o comandante de 51 anos idade para assumir o clube no lugar do croata Ivan Juric, contratado recentemente pelo Torino.

Com passagens por Sassuolo, Roma e Sampdoria, Di Francesco estava sem clube desde o mês de fevereiro, quando foi demitido pelo Cagliari. Em Verona, o treinador assinou um vínculo válido até junho de 2023 e terá a missão de tentar alcançar voos maiores com o gialloblù na liga italiana.

No Verona, que conseguiu finalizar a temporada passada na 10ª colocação, Di Francesco terá uma ótima chance para se redimir dos ruins trabalhos na Sampdoria e no Cagliari. Em Gênova, o técnico ficou somente oito jogos no comando dos blucerchiati, tendo conquistado duas vitórias. Já na Sardenha, ele venceu só três das 23 rodadas da Serie A disputadas pelo rossoblù.

Di Francesco deixou Sampdoria e Cagliari na zona de rebaixamento do Campeonato Italiano, resultados que obscureceram a imagem de um treinador que estava em ascensão. Os dois clubes, no entanto, conseguiram se salvar depois das chegadas de Claudio Ranieri e Leonardo Semplici, respectivamente.

Apesar do retrospecto negativo em seus últimos trabalhos, Di Francesco viveu bons momentos na Roma e no Sassuolo. Na capital italiana, por exemplo, o comandante ajudou levar os giallorossi até a semifinal da Liga dos Campeões na temporada 2017/18, tendo despachado pelo caminho Shakhtar Donetsk e Barcelona. Já na Emilia-Romagna, o treinador foi campeão da Serie B com os neroverdi e foi peça providencial para o clube se estabilizar na elite do calcio.

A chegada de Di Francesco ao Verona é uma aposta da diretoria gialloblù, assim como aconteceu há duas temporadas com Juric. Na ocasião, o croata foi contratado sob muitas dúvidas da torcida, já que também não vinha de bons resultados em seus times anteriores.

Em Verona, muito trabalho precisará ser feito, começando pelos jogadores veronenses, que precisão se adaptar a um estilo de jogo diferente. Juric optava por um futebol mais vertical, sem muita concentração na posse de bola e focado em duelos individuais. Di Francesco, por sua vez, gosta de buscar profundidade e prefere que sua equipe construa jogadas mais elaboradas desde a primeira fase do campo.

Na sua nova casa, Di Francesco no Hellas Verona terá uma chance para ser relançado no cenário do futebol italiano e deixar os ruins últimos trabalhos no passado.

SHARE